meu anjo do sertão, 1

22 setembro, 2012 at 11:13 am 1 comentário

sobre mim há um olhar de só paixão
e um olhar bem maior que me odeia

manuelzão traz cavalos numa peia
com as éguas, estrelas do desvão
sua mão me defende e me rodeia

fui benzido nas águas do sertão.

romério rômulo

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

maradona e joão cabral ordem do dia

1 Comentário Add your own

  • 1. homensdopantano  |  24 setembro, 2012 às 11:05 pm

    quando aqui venho sempre brilha meu olho
    na leitura dessa poesia com molho
    eu falo desta longa ausência do intercâmbio tosco
    das idéias, do meu velho poetar, quase um encosto

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

setembro 2012
S T Q Q S S D
« ago   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: