Maradona é um pássaro de fogo

6 junho, 2011 at 4:49 am 2 comentários

a minha carne é dura, couro seco
com um olho aguçado de serpente
o meu corpo transita por um beco
sem nenhuma razão sobressalente

os amores me chegam em água fria
por instantes do corpo irrelevante
queimada em despudor a poesia
vem montada no pelo da amante

do pavão, de getúlio e proserpina
eu arranco a palavra que funciona
virgulino lampião me ilumina
num estado de quase Maradona

quebro bolas, zagueiros, sou ator
Kusturica me traz revolução
no meu corpo de um todo sedutor
Maradona é o puro furacão

na pulsão do destrato menestrel
ao rondar as esferas de um jogo
traduzido num bicho de cordel
Maradona é um pássaro de fogo.

romério rômulo

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

rivotril, 6 caravaggio, 1

2 Comentários Add your own

  • 1. Mirze Souza  |  6 junho, 2011 às 6:32 am

    Belo soneto, Romério!

    Virgulino Lampião num estado de quase Maradona inspira até João Cabral. Sua carne, dura-couro seco não impede esses belos insights de cordel.

    MUITO BOM!

    Beijos, poeta!

    Mirze

    Responder
  • 2. Ana  |  10 junho, 2011 às 5:33 pm

    Um poema excelente que mistura algumas figuras – ícone de uma cultura do imediatismo com a habilidade invulgar que o poeta tem de jogar as palavras.
    bjs

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

junho 2011
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Top Posts

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: