corpo, 2

30 abril, 2011 at 3:50 am 2 comentários

flor, paisagem, rosto, concha, tela
com o cio a pisar nos meus ouvidos
essa mulher é um riso e uma cadela

seu sopro e sua carne, eu caibo nela
e ao me tomar o corpo de ruídos
ela me monta, me torce e me atropela.

romério rômulo

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

corpo, 1 todos os cavalos

2 Comentários Add your own

  • 1. Ana Pérola  |  30 abril, 2011 às 2:00 pm

    gosto da imensidão!

    Responder
  • 2. Mirze Souza  |  5 maio, 2011 às 7:14 pm

    Muito BOM!

    Melhor que ser atropelado por uma FERRARI!

    Amor, amor amor….

    Beijos, poeta

    Mirze

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

abril 2011
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: