trago meu cavalo doido

5 março, 2011 at 6:33 am 2 comentários

seus parafusos são ocos
os seus olhos, luz do dia
sua pele, condenada
ao meu ombro de poesia.
seu esteio, minha amada
um osso só alforria.
sua mão é uma estrada
incendeia e incendia
sua voz quadriculada
me destrava e me alivia
o seu pelo me relata
sua ânsia me arrepia.
pro cariri vou agora
me declaro a essa senhora
e caso no mesmo dia.

busco meu cavalo doido
num galope à beira mar
tiro maria da terra
levo maria pro ar.
vamos partir num depois
do lá que é perto daqui
pra pisarmos, só os 2
as terras do cariri.

o meu cabelo varrido
minha cara de alvaiade
dou à maria em presente
como se dá quem me invade
num instante, à moça bela,
com uns uivos de cachorro
numa tesão de cadela.

o meu cabelo varrido
eu lhe dou. se quiser mais
busco palavras na feira
falo dos algodoais
já plantados numa beira
dos seus olhos vendavais.

trago meu cavalo doido
e fujo logo daqui
num olhar esbugalhado
em terras do cariri.

romério rômulo

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

a fala do Freud musa & poeta, 1

2 Comentários Add your own

  • 1. Mirze Souza  |  5 março, 2011 às 5:37 pm

    Maravilha, Romério!

    Uma pele condenada a um ombro de poesia, merece tudo isso e muito mais.

    “trago meu cavalo doido
    e fujo logo daqui
    num olhar esbugalhado
    em terras do cariri.”

    Qualquer terra serviria, mas já que é no cariri, sejam cada vez mais felizes.

    Beijos, poeta

    Mirze

    Responder
  • 2. Maria  |  2 abril, 2011 às 4:27 am

    sabes, sinto-me tão pequenina sempre que por aqui passo, que tenho até medo de dizer que “estou aqui, vim te admirar”
    és fantástico, rômulo! beijo.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

março 2011
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: