Archive for 8 fevereiro, 2011

tríptico do meu irmão

1.
trago comigo a má fama
de ser amigo de deus
que a minha estrada de lama
foi construída por zeus.
(tango)

2.
a carne que me embasa
é o oco que habito
não sou belo, sou a rasa
exatidão do infinito.
(cáctus)

3.
há quem corte o poema com espada
há quem corte a espada num estalo
há quem corte a garganta a palo seco
manuelzão corta a vida num cavalo.
(manuelzão 1)

romério rômulo

8 fevereiro, 2011 at 4:04 am 3 comentários


Feeds

fevereiro 2011
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.