se eu fosse maradona, 11

26 janeiro, 2011 at 8:14 pm 3 comentários

se eu fosse maradona
ou virgulino ferreira
o meu cavalo maluco
viveria na carreira.

numa bola feita gol
numa bala feita morte
num estalo de água doce
eu colhia a minha sorte

meu riso, qualquer que fosse
de um amazonas vadio
por mais certo era que fosse
o meu sangue, puro sal
minha veia, meu esguio
manto de canavial.

romério rômulo

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

o mais armado, fragmento fragmento de desarmar a morte

3 Comentários Add your own

  • 1. Cristina Desouza  |  26 janeiro, 2011 às 8:19 pm

    Romério, estive por aqui. Adoro sua série ‘se eu fosse maradona’

    beijos

    Cris

    Responder
  • 2. Mirze Souza  |  26 janeiro, 2011 às 8:45 pm

    LINDO, ROMÉRIO!

    Misturando Maradona e Lampião, claro que o cavalo viveria na carreira.
    Fechou com chave de ouro o “manto de canavial”

    Adoro essa série!

    Beijos, poeta!

    Mirze

    Responder
  • 3. meuSom  |  27 janeiro, 2011 às 6:45 am

    oh Romulo, quando a primeira leitura da manhã é uma bala assim, que é como quem diz teu sangue, puro sal, é p’ra matar mesmo, né, é tiro certeiro
    ler-te, inventar-te através das palavras, é verdadeiro fascinio
    beijo

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

janeiro 2011
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: