“o mundo vai morrer de água e sangue”

5 dezembro, 2010 at 6:40 pm 2 comentários

( a t.s. eliot )

o mundo vai morrer de água e sangue
e sobre um corpo, então, tremularemos.
cativos, ébrios, doutos, o que vemos
é a carne se ocupar de todo o mangue.

as podridões adotam sobre a terra
um frêmito de vozes condenantes.
por sobre tudo há um deus que erra
a nos falar dos corpos dos amantes.

na imensidão da treva que nos berra
por sob as sucursais destes infernos
atados pelos vermes dos invernos
quanto cristal nos morde e nos enterra!

(romério rômulo)

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

” ópera mundana “ 3 de janeiro de 1898

2 Comentários Add your own

  • 1. Mirze Souza  |  5 dezembro, 2010 às 7:30 pm

    ESPETACULAR!

    Grande, Romério!

    Que maravilha será morrer de água e sangue! E depois quem se importará com vermes e mangues, com erros de Deus a falar dos corpos dos amantes?

    Adoro poemas que relatam a morte. Esse em especial está DIVINO!

    Que Deus leia e siga essa trilha!

    Bravíssimo!

    Beijos, poeta!

    Mirze

    Responder
  • 2. homensdopantano  |  9 dezembro, 2010 às 11:01 am

    Morrerá esse mundo imundo,
    deserto de ideogramas falsos;
    perecerá a ilusão serena
    do progresso eterno percalço.

    Mata deus o homem e segue pequeno
    sonha sujo entulho lama lodo sombrio
    sua própria medula secretou o veneno
    que entope a torrente do rio

    Este poema predisse ontem
    a chegada dum amanhã triste;
    na fronte dos que desistem –
    desespero! O futuro não existe.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

dezembro 2010
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Top Posts

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: