“mão”

9 outubro, 2010 at 6:49 pm 7 comentários

 

a minha mão, cavalo das estradas,
caminha como pássaro na noite.
bêbada, trêfega, incólume, açoite,
trava meu corpo de carne deslumbrada.

pelo rescaldo do tempo, viés, caldo de rio
com margens a romper pedras e águas,
a minha mão estrada cão, pedra no cio,
traduz em galos a voz da madrugada.

a minha mão é todo ser tangente
tão de repente, pois tudo é de repente!

romério rômulo

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

“fragmento de maria” sapos

7 Comentários Add your own

  • 1. Mirze Souza  |  9 outubro, 2010 às 8:52 pm

    Lindo, Romério!

    Mãos iluminadas!

    “traduz em galos a voz da madrugada”

    Fantástico!

    Beijos, poeta!

    Mirze

    Responder
  • 2. Brandão  |  10 outubro, 2010 às 2:45 am

    Romério, um galo não faz uma manhã: é preciso que outro galo, que uma orquestra de galos. E a manhã se ilumina nas mãos do poeta, esse galo.
    Abraço amigo.

    Responder
  • 3. Lara Amaral  |  10 outubro, 2010 às 11:22 pm

    Há quem siga pelos caminhos das ranhuras da mão; há quem faça dela um instrumento; um escudo…

    Ótimo poema, Romério.

    Beijo.

    Responder
  • 4. roni valle  |  14 outubro, 2010 às 1:30 am

    Somos os Dons Quixotes das nossas próprias solidões. E como vale

    Responder
  • 5. Wellington Felix  |  14 outubro, 2010 às 3:40 am

    Essa mão que pinta em gestos a imaginação, essas lembranças de vestígios iluminados que o corpo num ressoar ascende, transcende.

    versos iluminados, parabéns!

    Responder
  • 6. Zelia Guardiano  |  14 outubro, 2010 às 4:59 pm

    Muito lindo!
    Encantei-me com seus versos.
    Abraço.

    Responder
  • 7. Martha  |  6 novembro, 2010 às 11:30 am

    nossa, que bonito!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

outubro 2010
S T Q Q S S D
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: