“o vermelho de van gogh”

25 julho, 2010 at 1:53 pm 7 comentários

 

teu amarelo, van gogh, é o espelho
do que corrói o peito em ânsia pura.
teu amarelo, van gogh, é meu vermelho
purpura o sangue e ainda me purpura.

teu amarelo, na noite, está esguelho
solto de corvos estrelados, noite.
teu amarelo, van gogh, é meu vermelho
purpura o sangue e a minha carne. foi-te

da agonia o antro. com um tiro
de amarelo e trigo em tua carcaça
por meu vermelho me resvalo e miro
o peito torto, feito de desgraça.

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

“o ato continua” ” vejam bem ” ( para zeca afonso )

7 Comentários Add your own

  • 1. Pedro Ramúcio  |  26 julho, 2010 às 12:44 pm

    Romério,
    Van gogh teria em ouro preto mil azuis para repintar, poeta. Tu a tens para dela nos brindar com toda tua poesia multidor, amigo de tesoiros e lastros.
    Por isso aqui embasbaco amiúde.

    Abraço mineiro,
    Pedro Ramúcio.

    Responder
  • 2. Mirze Souza  |  26 julho, 2010 às 2:50 pm

    Belíssimo, Romério!

    Se vivo fosse, Van iria gostar deste diálogo-poema bailando por entre as cores.

    Quando o amarelo se faz vermelho, que “purpura o sangue e ainda me purpura”. é o sangue das cores quentes que despertam.

    Beijos

    Mirze

    Responder
  • 3. Marcelo Sguassábia  |  26 julho, 2010 às 8:25 pm

    Maravilha seu blog, Romério. Belos poemas. Obrigado pela visita lá no eptv.com. Abraços.

    Responder
  • 4. Roberta  |  1 agosto, 2010 às 4:23 pm

    por meu vermelho me resvalo e miro.

    Responder
  • 5. Olhos de sarue  |  17 agosto, 2010 às 12:57 am

    Ollá meu mais novo amigo poeta. Vim ver um cadinho mais de poesia. Encontrei poesia e calor. Palavras e sentidos arranjados, como as cores no quadro de Van Gogh

    Responder
  • 6. francisco.latorre  |  11 outubro, 2010 às 3:33 pm

    belíssimo.

    ..

    Responder
  • 7. Dirce Veloso  |  24 setembro, 2014 às 2:35 pm

    Romério Rômulo Campos Valadares! Gosto muito de sua página no facebook! Um grande abraço!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

julho 2010
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: