“o ato continua”

17 julho, 2010 at 6:14 pm 7 comentários

 

no primeiro dia
sangrei.
umas telhas me atravessaram,
arrancaram meus olhos
e me trouxeram solidão.
quantas casas habitam meus ossos?
quantas candeias armadas vão levantar minha essência?
quantas estradas vazias pousam sobre minhas estradas?

mesmo os cães me trucidaram.

o olho no céu me rompia em chuva.
deitei com umas verdades sombrias na pele.

no segundo dia,
desarmado,
vi as rupturas da intempérie,
uns cupins a pisar tormentas,
meu olho calmo com a luz do mundo.

como sangram os homens!

em dois dias me renovo
e a guerra travada nem é tão intensa.
as palavras me batem em tiros de canhão
e as reconheço palavras.

o ato continua.
sou outro.

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

“quando um cavalo chega e traz retalhos” “o vermelho de van gogh”

7 Comentários Add your own

  • […] This post was mentioned on Twitter by Romério Rômulo, Rosany Costa. Rosany Costa said: RT @romerioromulo: #blog: “o ato continua”:   no primeiro dia sangrei. umas telhas me atravessaram, arrancaram meus olhos e me trouxe… http://bit.ly/bG7J0z […]

    Responder
  • 2. Mirze Souza  |  17 julho, 2010 às 7:08 pm

    Eu diria, uma obra prima.

    Na simbologia, questionamentos que se cruzam com a realidade.

    “quantas casas habitam meus ossos?”

    Profundo e belíssimo!

    Parabéns, POETA!

    Beijos

    Mirze

    Responder
  • 3. Taninha Nascimento  |  18 julho, 2010 às 10:04 am

    “as palavras me batem em tiros de canhão
    e as reconheço palavras.

    o ato continua.
    sou outro.”

    É isso aí…

    Gostei demais!!

    Responder
  • 4. Martha  |  21 julho, 2010 às 2:23 pm

    gosto da sua poesia.

    Responder
  • 5. jde9  |  24 julho, 2010 às 9:47 pm

    Sejamos então outro, todos os dias, cada dia, cada hora, cada inspiração.

    Abraço

    CRN

    Responder
  • 6. Adriana Godoy  |  30 julho, 2010 às 10:47 am

    Beleza!

    Responder
  • 7. assis freitas  |  1 agosto, 2010 às 12:39 pm

    maravilha,

    abraço

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

julho 2010
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: