1 setembro, 2009 at 8:04 am 10 comentários

acaso na manhã velada
ter a matéria de imprimir avesso

soltar o cão de asa, uma só fala
em extinguir o corpo revelado.

aquela faca de extirpar loucura,
riacho manso que desprende vida.

Anúncios

Entry filed under: Matéria Bruta.

texto da revolução contida

10 Comentários Add your own

  • 1. Moacy Cirne  |  1 setembro, 2009 às 8:38 am

    “faca de extirpar loucura”:
    estaria aqui a síntese do poema?

    um abraço.

    Responder
  • 2. Ana  |  1 setembro, 2009 às 5:34 pm

    Forte como sempre!
    Abraço

    Responder
  • 3. nydia  |  1 setembro, 2009 às 10:29 pm

    riacho manso que desprende vida…. beleza de manhã, romério.
    como é bom te ler. beijos

    Responder
  • 4. rogerio  |  2 setembro, 2009 às 12:23 pm

    muito bom ! abraço

    Responder
  • 5. adriano nunes  |  2 setembro, 2009 às 6:46 pm

    Romério,

    Muito bom!

    Abração,
    Adriano Nunes.

    Responder
  • 6. Janaina Amado  |  3 setembro, 2009 às 9:47 am

    Gosto da sua poesia, Romério, vc. sabe disso. Mas este poema em particular… achei excelente, excepcional! Obrigada por ele.

    Responder
  • 7. lou  |  3 setembro, 2009 às 2:48 pm

    Encatador! 😉

    Lou

    Responder
  • 8. lou  |  3 setembro, 2009 às 2:53 pm

    ops, encantador! 🙂

    Responder
  • 9. Luciane  |  5 setembro, 2009 às 2:48 pm

    De volta tb. Bjs! Lu.

    Responder
  • 10. Katyuscia Carvalho  |  25 setembro, 2009 às 5:55 pm

    Quando visito pela primeira vez um lugar, gosto de entrar descalça, sentir as palavras a cada tato do caminho, desbravar desapressada… e deter-me em algumas paragens.
    Neste caso, detive-me um pouco aqui, cativada pelo ritmo dos sentidos, que ora dançaram mais intensa ora mais suavemente neste poema.

    “Naquela faca de extirpar loucura”, a veia aberta em versos escreveu-me uma grande impressão pela sua qualidade literária…

    Agradecendo sua “passagem” pelo Kanauã Kaluanã.

    Katyuscia Carvalho.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

setembro 2009
S T Q Q S S D
« jul   out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: