a tua noite é vesga, a tua ânsia é água

29 junho, 2009 at 8:00 am 6 comentários

o ovo é um riso e afago da manhã.
seu branco é texto da pele de um dente
que quebrado traz podre, enxofre, galo.
se um picasso sabe, ele o transforma ovo.

picasso, cúbico, do ovo, mondrian
fazido cores puras, geometria rouca
de levar tapa de cérebro escarlate
com tanta vida a defender de traços.

se ovo fui, quieto arregacei
umas manhãs-kandinsky, voluptuosas
de cor. talvez uma quirera
se benfazeja seja faça-se rouault.

Anúncios

Entry filed under: Matéria Bruta.

per augusto

6 Comentários Add your own

  • 1. Ana  |  29 junho, 2009 às 5:52 pm

    Bom jogo, grandes pintores…eu prefiro o ovo-Dalí!
    beijinho

    Responder
  • 2. Bipede-Implume  |  29 junho, 2009 às 8:34 pm

    Uma imensa tela, de muitas cores, com as manhãs-kandinsky a envolver-nos neste poema.
    Achei lindo.
    Beijinhos.
    Isabel

    Responder
  • 3. Mirse Maria  |  29 junho, 2009 às 9:17 pm

    Depois do poema “O OVO” de João Cabral de Melo Neto, este , é um dos mais belos que já vi.

    Prabéns poeta!

    Beijos

    Mirse

    Responder
  • 4. nina rizzi  |  30 junho, 2009 às 11:53 am

    uma volúpia de cores, hm…
    eu, olhos furta-cor,
    boca de deglutir
    poemas assim…

    Responder
  • 5. pedro  |  30 junho, 2009 às 3:34 pm

    :0)

    Responder
  • 6. pedro  |  30 junho, 2009 às 3:39 pm

    ovo magnetizado que atrai hálito e dente e atrai manhã e cores e é um riso e um tapa não sei se o poema é bonito ou feio e se gosto de ovo e de picasso e de geometria o poema tem um arremate sensacional

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

junho 2009
S T Q Q S S D
« maio   jul »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: