bagagem

20 maio, 2009 at 6:19 am 7 comentários

trago
uma secura no meu lado direito
que me proíbe de vender bananas.
trago
um martelo, tonel de badalos
que me safira e empresa os olhos.

quando milhos, tenho tantos
que me encarrego do tombo.

a sutil faca me faz anacoreta.

Anúncios

Entry filed under: Matéria Bruta. Tags: , .

as putas verbo em alavanca

7 Comentários Add your own

  • 1. Moacy  |  20 maio, 2009 às 9:23 am

    Rigor / Vigor.
    Como sempre.

    Poesia / Poema.
    Como sempre.

    Um abraço.
    Como sempre.

    Resposta
  • 2. nina rizzi  |  20 maio, 2009 às 10:02 am

    a minha secura por todos os fados
    me faz vender de tudo.
    hm, quase.

    poema cei(f)ado sim 😉
    beijo.

    Resposta
  • 3. meg  |  20 maio, 2009 às 3:25 pm

    Romério,

    E de bagagem
    insuspeita e atrevida,
    se faz poesia…
    como tu sabes

    Um beijo

    ps:adorei os poemas no Cronopios.

    Resposta
  • 4. Moacy  |  21 maio, 2009 às 9:01 am

    O Balaio
    acolheu, hoje,
    a sua bagagem.
    Um abraço.

    Resposta
  • 5. Romério Rômulo  |  21 maio, 2009 às 10:14 am

    amigos,todos:
    desde ontem à noite meu hotmail está com problema.estou incomunicável por lá e também não consigo deixar comentários.
    um grande abraço.romério

    Resposta
  • 6. Yvy  |  21 maio, 2009 às 11:07 am

    Oi Romério, muito bom o Cronopios.

    Abrs.

    Resposta
  • 7. patricia caldas  |  22 maio, 2009 às 4:37 pm

    ola,
    milho e bananas….comida de sertanejo?
    um beijo.
    pa

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

maio 2009
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: