quando restar, espero-te

23 fevereiro, 2009 at 7:42 pm 18 comentários

quando do esquálido de mim te faz em chamas?
quando, entranhas frêmitas, me fazes no teu corpo?
se estatelas de vez, de tão bem-fadada,
mão de estremecido gesto, me relatas.
ficam-me tuas sobras.
caminhas nuvem alta na manhã.
tua face me redime o tempo. o campo
do teu gesto, a fala da tua fala, densamente
me dormem.

Anúncios

Entry filed under: Matéria Bruta.

18 Comentários Add your own

  • 1. Marcello Cabral  |  23 fevereiro, 2009 às 8:20 pm

    Caro Romério,

    agradeço a visita ao “aviladebrito.blog.com.br” e acrescento que admiro muito a sua poesia, sobretudo o lirismo nela contido – embora confesse que não possuo meios para penetrar na essência do que você escreve, ao que me socorro nas palavras Rubem Alves, quando diz:

    “Se você me disser que não entende poesia eu baterei palmas: Que bom! Somente os tolos pensam entender a poesia! Somente os intérpretes têm a pretensão de vir a entender a poesia! A poesia não é para ser entendida. Ela é para ser vista. Leia o poema e trate de ver o que ele pinta! Você precisa entender um luar? Uma nuvem? Uma árvore? O mar? Basta ver. Ver, sem entender, é uma felicidade! Assim, leia a poesia para que os seus olhos sejam abertos. (…) Leia poesia para ver melhor. Leia poesia para ficar tranqüilo. Leia poesia para ficar mais bonito. Leia poesia para aprender a ouvir.”

    A propósito, Ávila de Brito é um pseudônimo; meu nome é Marcello Cabral.

    Grande Abraço.

    Responder
  • 2. Marcello Cabral  |  23 fevereiro, 2009 às 8:23 pm

    Correção: “…ao que me socorro nas palavras DE Rubem Alves…” (faltou a preposição).

    Até breve.

    Marcello Cabral

    Responder
  • 3. Romério Rômulo  |  23 fevereiro, 2009 às 8:30 pm

    marcello:
    obrigado pelas palavras sobre a minha poesia.entender essa coisa nem é fácil,nem é fundamental.o rubem alves tem
    lá sua razão.
    e no seu blog você ainda traz o link da bibi nassif,minha musa
    de 10 anos.há uns poemas dela por aqui.
    obrigado.
    um grande abraço.
    romério

    Responder
  • 4. Romério Rômulo  |  23 fevereiro, 2009 às 8:53 pm

    tudo bem,marcello.
    até breve.
    romério

    Responder
  • 5. ana peluso  |  23 fevereiro, 2009 às 9:09 pm

    belo!

    Responder
  • 6. Romério Rômulo  |  23 fevereiro, 2009 às 9:17 pm

    ana:
    obrigado.
    romério

    Responder
  • 7. Cosmunicando  |  23 fevereiro, 2009 às 11:57 pm

    um dos meus preferidos, romério… lindo demais!

    Responder
  • 8. CRIS LIMA  |  24 fevereiro, 2009 às 1:25 am

    NÃO SEI SE É O HORÁRIO, MAS, TONTA FIQUEI
    SEMPRE AQUI
    CRIS LIMA

    Responder
  • 9. Romério Rômulo  |  24 fevereiro, 2009 às 11:43 am

    lorenzo:
    te dedico.
    romério

    Responder
  • 10. Romério Rômulo  |  24 fevereiro, 2009 às 11:44 am

    cris lima:
    ficar tonta não vale.
    romério

    Responder
  • 11. Compulsão Diária - Bea  |  24 fevereiro, 2009 às 6:47 pm

    Escrevem bem os portugueses nesse portugues denso. conciso e , ao mesmo tempo, livre, sábio e seguro

    Responder
  • 12. Ana  |  24 fevereiro, 2009 às 7:12 pm

    Mais um poema lindo!
    Bj

    Responder
  • 13. Romério Rômulo  |  24 fevereiro, 2009 às 7:24 pm

    bea:
    obrigado pelas palavras.
    romério

    Responder
  • 14. Romério Rômulo  |  24 fevereiro, 2009 às 7:24 pm

    ana:
    um beijo.
    romério

    Responder
  • 15. Moacy Cirne  |  25 fevereiro, 2009 às 2:07 am

    Oi, rapaz,
    você está no Balaio.

    Um abraço.

    Responder
  • 16. Romério Rômulo  |  25 fevereiro, 2009 às 9:27 am

    moacy:
    irei lá.ao balaio.
    um abraço.
    romério

    Responder
  • 17. Mário Mendonça  |  27 fevereiro, 2009 às 9:21 pm

    Grande Guerreiro

    Um grande amigo, certa vez me disse.

    ” interpretará a poesia, cada vez que a ler ”

    A sua, é assim.

    Abraços.

    Responder
  • 18. Romério Rômulo  |  28 fevereiro, 2009 às 12:11 pm

    mário:
    é isso.cada leitura traz uma visão nova.
    um abraço.
    romério

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

fevereiro 2009
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: