(pontes)

13 outubro, 2008 at 10:32 am 6 comentários

o ato de nascer em cada ponto
carrega uns navios, umas flores,
todos os atos, breves, só completam
o ano do seu turnos já rasgados.
quantos de nós se sabem nestes rios,
se o fino odor do mundo se deslava
no corpo ao nascer do próprio ato?

quando nascer é tanto, que se diga
de só nascer se ato completado
por força de saber-se o incompleto.

Anúncios

Entry filed under: Inéditos. Tags: .

ciclo mulher e ponte

6 Comentários Add your own

  • 1. Mônica  |  13 outubro, 2008 às 3:38 pm

    Oi Romério,

    (Essas pontes, esses rios, essas fontes…gosto de mastigar e digerir muito bem o q vc escreve!).

    Já visito a algum tempo o seu blog e é sempre um prazer enxergar em cada palavra, frase ou mesmo em cada pausa um
    momento único de pura magia….

    A digestão é lenta, mas…hum, o corpo e a alma agradecem!

    Beijão,
    Mônica

    Resposta
  • 2. meg  |  13 outubro, 2008 às 4:13 pm

    Romério,

    Não há neste poema um paradoxo?

    Beijo
    meg

    Resposta
  • 3. Romério Rômulo  |  13 outubro, 2008 às 10:01 pm

    mônica:
    é bom saber que você sempre aparece aqui.e assiste a esse conjunto de palavras.agradeço seus cuidados.
    um beijo.
    romério

    Resposta
  • 4. Romério Rômulo  |  13 outubro, 2008 às 10:02 pm

    meg:
    a arte não é um espaço aberto ao paradoxo?
    um beijo.
    romério

    Resposta
  • 5. fal  |  15 outubro, 2008 às 10:30 pm

    RÔmulo, que refresco este blog, que delícia. Virei fã.

    Resposta
  • 6. Romério Rômulo  |  15 outubro, 2008 às 11:19 pm

    fal:
    apareça outras vezes.obrigado.
    romério

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

outubro 2008
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: