(aços tua viagem)

24 setembro, 2008 at 8:15 pm 13 comentários

se as entranhas da terra te atropelam,
resta o veio da manhã, a pedra,
o dedilhado de montanha que te lambe.
falta tua memória de noite, teu fazer
de nuvem, tua viagem de eito.

aços convirão sobre teus ombros.
feroz, manhã há de lamber tua boca.

Anúncios

Entry filed under: Matéria Bruta. Tags: , .

texto de pedra (abertura)

13 Comentários Add your own

  • 1. Rose de Castro  |  24 setembro, 2008 às 11:08 pm

    manhã há de lamber tua boca….
    gostei desta frase.
    tua poesia me soam como metáforas.
    fico saboreando cada palavra dedilhando meus neurônios pensantes.
    beijoooooooooooo

    Responder
  • 2. Rose de Castro  |  24 setembro, 2008 às 11:09 pm

    Leia-se: tuas poesias soam-me como metáforas.

    Responder
  • 3. CRIS LIMA  |  25 setembro, 2008 às 10:10 pm

    E tem o que comentar?Sou absurdamente apaixonada pelos teus escritos
    bjs
    Cris

    Responder
  • 4. Romério Rômulo  |  25 setembro, 2008 às 10:21 pm

    rose:
    obrigado pelas palavras.
    romério

    Responder
  • 5. Romério Rômulo  |  25 setembro, 2008 às 10:23 pm

    cris lima:
    fico alegre com o que você fala.
    um beijo.
    romério

    Responder
  • 6. CRIS LIMA  |  25 setembro, 2008 às 10:32 pm

    QUE BÃO!!!!!!É SINCERO,CREIA! ANCEIO SEMPRE POR LER AS NOVIDADES QUE POSTAS POR AQUI!
    BJ
    CRIS

    Responder
  • 7. Romério Rômulo  |  25 setembro, 2008 às 10:38 pm

    obrigado mais uma vez,cris.
    romério

    Responder
  • 8. meg  |  28 setembro, 2008 às 6:34 pm

    Romério,
    Tarefa inglória tentar desbravar as palavras…
    mais uma vez agrestes e que rasgam com se
    de arame farpado se tratasse.
    Duras como as pedras dessas tuas montanhas…

    Um beijo
    meg

    Responder
  • 9. Romério Rômulo  |  28 setembro, 2008 às 9:13 pm

    meg:
    ótimo o seu reaparecimento.ausências muito longas perturbam.
    um beijo.
    romério

    Responder
  • 10. lobinha  |  30 setembro, 2008 às 6:29 pm

    rr:
    fiquei excitada. fico excitada. estou excitada.
    um cheiro
    C

    Responder
  • 11. Romério Rômulo  |  30 setembro, 2008 às 7:11 pm

    c:
    que excitação maluca é essa?
    um beijo.
    romério

    Responder
  • 12. lobinha  |  30 setembro, 2008 às 10:18 pm

    rr:
    maluca? eu sei muito bem…

    Responder
  • 13. Romério Rômulo  |  30 setembro, 2008 às 10:43 pm

    há quem comente do erotismo desses poemas.
    romério

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

setembro 2008
S T Q Q S S D
« ago   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: