poesia

18 agosto, 2008 at 11:56 am 4 comentários

é a única forma escrita na qual sei me expressar, então representa um desafio no sentido de realizar uma comunicação pessoal. e especialmente esse gênero me atrai por ser uma fonte de busca de uma linguagem nova. desde sua origem a poesia traz como marca o fato de ser um campo de surgimento de expressões renovadoras da linguagem.

Anúncios

Entry filed under: Avulsos.

uma morte dos tempos o poema – 2

4 Comentários Add your own

  • 1. Namibiano Ferreira  |  19 agosto, 2008 às 6:17 am

    Christopher Fry, disse sobe a poesia:
    “Poetry is the language in which man explores his own amazement.”

    Muito prazer em conhecer a sua casa.
    Namibiano

    Responder
  • 2. Romério Rômulo  |  19 agosto, 2008 às 9:22 am

    namibiano:
    a casa é sua.gostei do fry.
    um abraço.
    romério

    Responder
  • 3. meg  |  20 agosto, 2008 às 8:21 pm

    Romério,
    Hoje, depois de um pouco de AA, talvez eu entenda melhor essa linguagem
    não só nova, como renovadora e subversiva tantas vezes.

    Beijo
    meg

    Responder
  • 4. Romério Rômulo  |  20 agosto, 2008 às 10:55 pm

    é,meg:
    o augusto renova mesmo.mas a linguagem dele é direta.
    um beijo.
    romério

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

agosto 2008
S T Q Q S S D
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: