nos corpos, a noite

13 agosto, 2008 at 12:00 pm 4 comentários

ver também pode estar nesta ternura.
vestais e corpos chegam, apropriados
do musgo, do azul, daquela noite.
é verde ser silêncio, o quarto morto
de paisagem insone
refulge sobre nós o que nos sobra.
que ver aqui, se o arco, este objeto
fremente de recantos e verdades
pode atar a noite sobre nós?

Anúncios

Entry filed under: Tempo Quando.

(farpas do vento não contêm as noites) a carne é reticente; a noite cega

4 Comentários Add your own

  • 1. meg  |  13 agosto, 2008 às 8:29 pm

    Romério,

    Ternura, palavra sem arestas, apaziguadora.
    E um poema diferente, ou diferente o meu sentir.
    Pacífico, apesar do arco.

    Beijo
    meg

    Responder
  • 2. Romério Rômulo  |  13 agosto, 2008 às 9:56 pm

    bem,meg,algo de tranquilizador há de surgir.
    um beijo.
    romério

    Responder
  • 3. Dalinha Catunda  |  14 agosto, 2008 às 11:08 pm

    Romério,
    Sua poesia é feita de mistérios, onde só você tem a senha para acessa-la totalmente. Nós que gostamos de saborear os enigmas, vamos ruminando, ruminando, e aos poucos digerindo e alimentando a nossa alma do belo.
    Um abraço,
    Dalinha

    Responder
  • 4. Romério Rômulo  |  15 agosto, 2008 às 1:09 am

    dalinha:
    obrigado pelas palavras,estes mistérios.
    um abraço.
    romério

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

agosto 2008
S T Q Q S S D
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: