(abertura)

30 junho, 2008 at 12:26 am 7 comentários

uma poesia deserta, texto de pedra e secura.
poesia de ferreiro: metal e martelo.
uma poesia brasa candente. cozer tudo,
ato do verso, dure tanto ou nada.

Anúncios

Entry filed under: Matéria Bruta.

conflito minas, palavra montanhosa

7 Comentários Add your own

  • 1. meg  |  30 junho, 2008 às 11:05 am

    Romério,

    Posso fazer do teu poema o meu sentir, hoje?

    Beijo
    Meg

    Responder
  • 2. Romério Rômulo  |  30 junho, 2008 às 11:34 am

    meg:
    claro que sim.se vê esse sentido no poema,ele é seu.
    um beijo.
    romério

    Responder
  • 3. Marise  |  30 junho, 2008 às 4:37 pm

    Romério
    Passei a tarde lendo teus poemas. É um refrescar a alma da gente.(será que existe alma?)
    Bendito este dom de ser poeta. É para poucos.
    És um poeta bendito.
    Um beijo

    Responder
  • 4. romério rômulo  |  30 junho, 2008 às 9:25 pm

    marise:
    muito obrigado por todas as suas palavras.
    um beijo.
    romério

    Responder
  • 5. Mário Mendonça  |  30 junho, 2008 às 9:34 pm

    Caro Romério

    És um construtor nato
    Garrado pelo dom dar
    A felicidade através
    Das palavras mágicas.

    Estruturando, edificando
    Mostrando como se faz…

    É um prazer, passar por aqui.

    Abração grande poeta

    Responder
  • 6. Romério Rômulo  |  30 junho, 2008 às 11:47 pm

    mário:
    obrigado pelo poema.passe sempre.
    um abraço.
    romério

    Responder
  • 7. Moacy Cirne  |  10 novembro, 2009 às 7:59 am

    Oi, oi:

    continuo em Natal;
    você, mais uma vez no Balaio.

    Abraços.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

junho 2008
S T Q Q S S D
    jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: