quero dizer que manuelzão foi boi – VII

24 junho, 2008 at 12:00 am 2 comentários

uns arrebóis de lenda,
uns bois de criação,
extrato de secura:
irmão.

o hálito cerrado
em corpo de varão
estado todo:
vão.

revela o cavalo
do peito, grão
poeira pesada:
mão.

fratura desossada.
desolação.
vida arriada:
não.

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

tua imensidão sobram-me tamanhos

2 Comentários Add your own

  • 1. Pedro Du Bois  |  24 junho, 2008 às 10:49 am

    de longo alcance.
    parabéns.
    abraço,

    Pedro

    Responder
  • 2. Romério Rômulo  |  24 junho, 2008 às 11:01 am

    obrigado, pedro.torço pelo alcance.
    um abraço.
    romério

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

junho 2008
S T Q Q S S D
    jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: