impacado

19 junho, 2008 at 12:01 am 5 comentários

zé limeira aferruô
um menestré de biriba
uma cobra impacô
bem pro lá da paraíba
dona meg se chegô
coloco tudo de riba.

Anúncios

Entry filed under: Inéditos.

esperança a mão apurada de carlos scliar

5 Comentários Add your own

  • 1. meg  |  19 junho, 2008 às 11:42 am

    Romério, meu Poeta,
    Você está a ver o Zé Limeira a pegar no meu pé, ou não estou a entender bem?
    O causo é que, com esse poema, já me indrominou esse danado!!
    Beijo
    ys.meg

    Responder
  • 2. Romério Rômulo  |  19 junho, 2008 às 4:08 pm

    meg:
    não há por que pegar no seu pé.agora,o zé limeira,o original,
    é gênio.e analfabeto.o escrito,foi anotado por outros.
    um beijo.
    romério

    Responder
  • 3. meg  |  19 junho, 2008 às 8:40 pm

    Romério,
    Mas eu até gosto que ele pegue no meu pé. Eu acredito em você mas génio e analfabeto é uma mistura explosiva … para mim muito apelativa. Sempre gostei de personagens “marginais”. Sigo você nos seus caminhos.
    Beijo da Meg

    Responder
  • 4. meg  |  19 junho, 2008 às 9:13 pm

    Romério,
    Mas eu até gosto que ele pegue no meu pé. Eu acredito em você mas génio e analfabeto é uma mistura explosiva … para mim muito apelativa. Sempre gostei de personagens “marginais”. Sigo você nos seus caminhos e aventuras.
    Beijo da Meg

    Responder
  • 5. Romério Rômulo  |  19 junho, 2008 às 11:32 pm

    meg:
    o limeira era mesmo analfabeto.
    um beijo.
    romério

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

junho 2008
S T Q Q S S D
    jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: