sobrevida

14 junho, 2008 at 2:00 pm 4 comentários

quando atrozes instantes te fizeram noite?
quando manhã te nasce do torpor?
é vida, se vivida à fome e frio?

vida assim, se retalhada em noite
te cabe do vazio a só morada
de um tempo que é manhã sobrevivida.

recanto, atroz de instantes tão perdidos
nas vidas regaladas destes olhos,
olhos da fome, doces, extirpados
de um saber ser vida toda noite.

vou, por agora, recorrer da noite.

(quando manhã te nasce)

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

gauche repleno

4 Comentários Add your own

  • 1. Fênix  |  14 junho, 2008 às 8:24 pm

    este é lindo, lindo.
    Agora, o Matéria Bruta e o Toda Poesia do Gullar não me largam.

    Beijooooo

    Responder
  • 2. Romério Rômulo  |  15 junho, 2008 às 12:32 am

    renata:
    se você me carrega junto do gullar, eu cresço.e o homem ainda é
    artista plástico e crítico de arte.e no brasil,hoje,não há crítico de
    arte mais denso que ele.se você entrar na página do scliar, você pode ler um texto do gullar,escrito um dia depois da morte do scliar,
    que eu sempre apresento como texto essencial para se entender
    a vida e a obra do meu camarada.na primeira página é só entrar
    em “amigos”.um beijo.romério

    Responder
  • 3. meg  |  16 junho, 2008 às 8:28 pm

    Romério,
    Ai, sim? E você não me falou nada?
    Logo eu que não conheço Gullar.

    Vou correndo à Página
    Beijo

    Responder
  • 4. Romério Rômulo  |  16 junho, 2008 às 11:57 pm

    meg:
    é fácil encontrar.e tem uma qualidade típica do ferreira.
    um beijo.
    romério

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

junho 2008
S T Q Q S S D
    jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Top Posts

RSS Fênix em Verso e Prosa

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: